Teoria geral do direito e marxismo

O livro Teoria geral do direito e marxismo, do jurista Evguiéni Pachukanis, despontou como a mais importante reflexão sobre o direito no campo do marxismo. A princípio, a obra não foi pensada como um manual marxista para a teoria do direito, mas como “uma tentativa de aproximação da forma do direito e da forma da mercadoria”, como afirmou o jurista e bolchevique Piotr Stutchka após a leitura da primeira edição, publicada em 1924. Pachukanis tinha como intuito apenas trazer algumas questões da teoria geral do direito para discussões futuras, esboçando os traços fundamentais do desenvolvimento histórico e dialético das formas jurídicas a partir de conceitos que ele havia encontrado em O capital, de Karl Marx, e no Anti-Dühring, de Friedrich Engels, mas o resultado acabou indo muito além do esperado: o livro se tornou uma referência em filosofia do direito e a obra mais importante de Pachukanis.

Traduzida diretamente do russo para o português por Paula Almeida, esta edição conta com um prefácio de Antonio Negri escrito em 1973 e será a primeira no mundo a publicar uma atualização feita pelo autor, no final de 2016, que permanece inédita até hoje. A obra conta também com posfácios de Umberto Cerroni e China Miéville, nunca antes publicados no Brasil. O volume traz ainda um índice onomástico e uma seção com trechos selecionados de Karl Korsch, John Hazard, Carlos Rivera-Lugo, Jean-Marie Vincent e Dragan Milovanovic. A revisão técnica coube a Alysson Leandro Mascaro e Pedro Davoglio.

Fonte: site da editora Boitempo

Teoria geral do direito e marxismo

Ficha técnica
Título: Teoria geral do direito e marxismo
Autor: Evguiéni Pachukanis
Tradutora: Paula Almeida
Editora: Boitempo
Ano da publicação: 2017 [1924]
Páginas: 224
Preço: R$ 43,00

Publicado em Livros | Marcado com , , , | Deixe um comentário

O avesso do trabalho IV

“A corrosão e mesmo destruição do trabalho é a máxima de nosso tempo. Tempo de contrarrevolução global, sob o comando do mais destrutivo dos capitais, o financeiro. Nele, as grandes corporações, apesar de propugnarem pela “responsabilidade social e ambiental”, exercem uma pragmática que é a da devastação completa das condições de trabalho em escala planetária. Para além do culto apologético do “empreendedorismo”, da “economia digital”, do “trabalho online”, o que de fato temos presenciado é a explosão da informalidade exacerbada, da flexibilização degradada, da precarização ilimitada, com suas nefastas consequências humano-sociais: desemprego estrutural, subemprego, desemprego por “desalento”, acidentes, adoecimentos, assédios, mortes e suicídios.

O avesso do trabalho IV, que trata centralmente da terceirização (organizado por Vera Navarro e Edvânia Lourenço), é mais um importante obstáculo a este vilipêndio: ou impedimos esse movimento sem limites dos capitais ou teremos uma “maravilhosa” sociedade com novos escravos que sofrem cada vez mais uma exploração compulsiva do trabalho, único resultado possível na sociedade da terceirização total. Urge obstar, de todas as formas e lutas, esse flagelo. E a crítica é também uma das formas desse combate.” (Ricardo Antunes)

O avesso do trabalho IV

Ficha técnica
Título: O avesso do trabalho IV: terceirização, precarização e adoecimento no mundo do trabalho
Organizadoras: Vera Lucia Navarro e Edvânia Lourenço
Autores(as): Claudia Mazzei Nogueira, Giovanni Alves, Graça Druck, Ivanete Boschetti, Jorge Sotto Maior, Maria Beatriz Costa Abramides, Mauro Iasi, Raquel Varela e outros.
Editora: Outras Expressões
Ano da publicação: 2017
Páginas: 475
Preço: R$ 40,00

Publicado em Livros | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

A construção da pedagogia socialista

A editora Expressão Popular lança mais um livro com escritos dos formuladores e construtores da Pedagogia Socialista no interior da Revolução Russa de 1917. O livro A construção da pedagogia socialista traz um conjunto de 24 textos de Nadezhda Konstantinovna Krupskaya (1869–1939), publicados pela primeira vez no Brasil e traduzidos diretamente dos originais russos.

K. Krupskaya foi uma forte liderança no grupo que formulou as concepções e práticas para as mudanças educacionais do período inicial da Revolução Russa, e que orientaram a política educacional do então Comissariado do Povo para a Educação, o Narkompros. Este período (1917–1929) é considerado “a época de ouro da Revolução Russa”, pela força e originalidade das suas formulações. Para estes pedagogos a educação era fundamental na construção de uma nova sociedade sem classes, e a escola deveria se envolver profundamente na formação do ser humano para este processo de transformação. O desafio posto ao magistério era criar, pela sua prática, uma nova escola destinada a formar lutadores e construtores do futuro aberto pela revolução.

Fonte: site da editora Expressão Popular

A construcao da pedagogia socialista

Ficha técnica
Título: A construção da pedagogia socialista
Autora: Nadezhda Krupskaya
Editora: Expressão Popular
Ano da publicação: 2017
Páginas: 360
Preço: R$ 40,00

Publicado em Livros | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Guerra e revolução

O livro Guerra e revolução, de Domenico Losurdo, é uma vigorosa resposta àqueles que pretendem manchar a história da luta emancipatória. Neste balanço das revoltas modernas, Losurdo identifica e recrimina uma tendência reacionária que tem crescido entre historiadores contemporâneos: o revisionismo. Articulando categorias filosóficas e políticas como guerra civil internacional, revolução, totalitarismo e genocídio, o autor demonstra como as reais motivações dos revisionistas pouco têm a ver com o esforço para um melhor entendimento do passado; em vez disso, baseiam-se nas circunstâncias do presente e nas necessidades ideológicas das classes políticas. O revisionismo histórico quer erradicar a tradição revolucionária e reabilitar a tradição colonial. Losurdo contrapõe oferecendo ao leitor uma nova perspectiva do século XX.

Fonte: site da editora Boitempo

Guerra e revolucao

Ficha Técnica
Título: Guerra e revolução: o mundo um século após outubro de 1917
Autor: Domenico Losurdo
Tradução: Ana Maria Chiarini e Diego Silveira Coelho Ferreira
Editora: Boitempo
ano da publicação: 2017
Páginas: 400
Preço: R$ 78,00

Publicado em Livros | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Ensaios gramscianos

No livro Ensaios gramscianos: política, escravidão e hegemonia no Brasil Imperial, organizado por Ricardo Salles, cinco historiadores analisam diferentes momentos da história política do século XIX do nosso país. Em comum, partilham da mesma perspectiva teórica inspirada por Antonio Gramsci e mostram as diferentes maneiras como a escravidão, e toda a configuração social por ela engendrada, marcou os distintos momentos da história política do Império. Se a relação entre escravidão e política não é novidade, a temática está longe de ter sido esgotada. Salvo poucos, mas importantes textos, ela tem sido negligenciada por boa parte da historiografia política recente. Ensaios gramscianos, sem perder de vista, um minuto sequer, a especificidade do tema da história política, é mais um esforço no sentido de suprir essa lacuna.

Ensaios gramscianos Brasil Imperial

Ficha técnica
Título: Ensaios gramscianos: política, escravidão e hegemonia no Brasil Imperial
Autor: Ricardo Salles (org.)
Editora: Prismas
Ano da publicação: 2017
Páginas: 370
Preço: R$ 58,00

Publicado em Livros | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Dicionário Gramsciano

Escrito por estudiosas e estudiosos de nacionalidades, culturas e áreas diversas, o Dicionário gramsciano (1926-1937), organizado por Guido Liguori e Pasquale Voza, reconstrói o sentido das palavras e dos conceitos presentes nos Cadernos do cárcere e nas Cartas do cárcere. Ao combinar, em seus mais de 600 verbetes, rigor científico e clareza textual, esta obra visa a divulgar com precisão o pensamento de um dos maiores teóricos marxistas da modernidade.

Dicionario gramsciano

Ficha técnica
Título: Dicionário gramsciano (1926-1937)
Autores: Guido Liguori e Pasquale Voza (orgs.)
Tradutores: Ana Maria Chiarini, Diego Silveira Coelho Ferreira, Leandro de Oliveira Galastri e Silvia de Bernardinis
Editora: Boitempo
Ano da publicação: 2017
Páginas: 832
Preço: R$ 125,00 (R$ 169,00 na versão de capa dura)

Publicado em Livros | Marcado com , , | Deixe um comentário

A revolução das mulheres

Em 8 de março de 1917, uma manifestação reuniu, na Rússia, mais de 90 mil mulheres contra o tsar Nicolau II e a participação do país na Primeira Guerra Mundial. O evento, que também exigia melhores condições de trabalho e o fim imediato da fome que se alastrava pelo país, tomou proporções inimagináveis e culminou na chamada Revolução de Fevereiro, um prenúncio da Revolução de Outubro, que derrubou o tsarismo, deu o poder aos sovietes e levou à construção da URSS. Para comemorar o centenário dessa data incendiária, a Boitempo publica A revolução das mulheres, antologia com dezenas de artigos, atas, panfletos e ensaios de autoras russo-soviéticas produzidos nesse contexto de convulsão social e política.

Nesses textos de intervenção e reflexão sobre a condição e a emancipação da mulher, destaca-se sobretudo a importância da igualdade entre os gêneros na defesa da classe trabalhadora: a separação entre mulheres e homens interessava apenas ao capital, para a Revolução a luta deveria ser conjunta. A leitura, que percorre temas como feminismo, emancipação, trabalho, luta de classes, família, leis e religião, permite distinguir que houve, de fato, a conquista de direitos desde então, mas também demonstra que diversos critérios desiguais continuam em vigor, o que torna os textos, apesar de clássicos, mais atuais do que nunca. A coletânea vem acrescida de fotografias das autoras e de cenas da Revolução.

Fonte: site da editora Boitempo

A revolucao das mulheres

Ficha técnica
Título: A revolução das mulheres: emancipação feminina na Rússia soviética: artigos, atas, panfletos, ensaios
Organizadora: Graziela Schneider Urso
Editora: Boitempo
Ano da publicação: 2017
Páginas: 276
Preço: R$ 54,00

Publicado em Livros | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário