Gramsci e Pareto: ciência, história e revolução

“‘Tudo deve mudar para que tudo fique como está’. A célebre frase do romance Il Gattopardo, de Giuseppe Tomasi di Lampedusa, sintetiza o problema de fundo da reflexão deste livro [Gramsci e Pareto, de Luciana Aliaga]: a coexistência histórica da mudança e da conservação social, ou, em outros termos, a “persistência do passado”, a revolução sem revolução. O interesse principal consiste em explicar como duas diferentes (ou mesmo opostas) correntes da “ciência política” – o marxismo de Antonio Gramsci e o elitismo de Vilfredo Pareto – explicam essa “persistência do passado” na realidade nacional italiana, isto é, como ambos explicam as mudanças conservadoras na Itália da passagem do século XIX para o XX. O objetivo central, contudo, não são as especificidades históricas italianas, mas as capacidades explicativas – no presente – dos conceitos formulados a partir daquela realidade nacional.

Num momento em que diferentes fascismos nacionais insinuam retomar o fôlego histórico, trazer de volta Gramsci e Pareto para o debate das ciências sociais é muito mais do que um simples exercício acadêmico. Apesar de voltar-se para o início do século XX, este livro nos força a refletir sobre a grande encruzilhada histórica do século XXI. Por isso, ele deve ser lido, debatido e estudado.” (Ruy Braga)

Fonte: site da editora Appris

Gramsci e Pareto: Ciência, História e Revolução

Ficha técnica
Título: Gramsci e Pareto: ciência, história e revolução
Autora: Luciana Aliaga
Editora: Appris
Ano da publicação: 2017
Páginas: 269
Preço: R$ 57,00

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Classes dominantes, política e capitalismo contemporâneo

A editora Em Debate, de livros eletrônicos, lança Classes dominantes, política e capitalismo contemporâneo, de Danilo Enrico Martuscelli. As contribuições para a teoria das classes sociais fornecidas pelo marxismo estrutural de matriz althusseriana, em especial os trabalhos de Nicos Poulantzas, unem os 6 capítulos que compõem este livro. Essa coesão teórico-metodológica atravessa uma gama de subtemas inseridos na temática geral das classes dominantes, tais como: as disputas e problematizações concernentes às apropriações dos conceitos de elite e classe dominante; o debate sobre a existência ou não de uma classe capitalista unificada mundialmente; a validade analítica do conceito de “burguesia interna” para a análise do capitalismo contemporâneo; os critérios utilizados para aferir hegemonia política e hegemonia ideológica e, por fim, a contribuição do marxismo para a análise das crises políticas na reprodução do capitalismo, momentos nos quais tendem a sobressair os conflitos internos ao bloco no poder burguês.

O livro está disponível gratuitamente. Clique ao lado e boa leitura! 2018 (Danilo Enrico Martuscelli) Classes dominantes politica e capitalismo contemporaneo

Ficha técnica
Título: Classes dominantes, política e capitalismo contemporâneo
Autor: Danilo Enrico Martuscelli
Editora: Em Debate/UFSC
Ano da publicação: 2018
Páginas: 178
Preço: gratuito

Publicado em Livros | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Crise e golpe

Em seu novo livro, Crise e golpe, Alysson Leandro Mascaro parte da crise político-econômica atual e do golpe em curso no Brasil para destrinchar a complexa relação entre Estado, direito e formação social. Em uma interpretação original, influenciada principalmente por Evguiéni Pachukanis e Louis Althusser, o autor revela o caráter estrutural das crises e dos golpes, fundados em bases ideológicas e institucionais próprias do capitalismo.

Sua análise dos juristas brasileiros e do próprio direito oferece uma nova perspectiva para o entendimento da crise. “Tal como em 1964 não se deu apenas um golpe estritamente militar, mas um golpe de classe, também em 2016 não se dá apenas um golpe jurídico ou político, mas um golpe de classe burguesa que realinha frações dos capitais nacional e internacional para a acumulação numa situação específica de crise do capitalismo mundial e brasileiro, pós-fordista e neoliberal”, diz Mascaro.

Fonte: site da editora Boitempo

Crise e Golpe

Ficha técnica
Título: Crise e golpe
Autor: Alysson Mascaro
Editora: Boitempo
Ano da publicação: 2018
Páginas: 208
Preço: R$ 43,00

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

História fetichista

“É importante, antes de tudo, destacar que o presente livro, resultado da dissertação de mestrado de Rodrigo Jurucê é fruto de longos e contínuos estudos sobre o pensamento conservador brasileiro, iniciados aproximadamente há dez anos, com seus primeiros trabalhos dedicados ao pensamento de Paulo Mercadante, e que continuam até hoje na sua pesquisa de doutorado dedicada ao Instituto Brasileiro de Filosofia e à Revista Brasileira de Filosofia. (…)

Uma das características do presente trabalho é o seu esforço de pensar, duas revistas representativas do pensamento conservador, a partir dos conceitos de Gramsci e da tradição gramsciana, em particular, revolução passiva, partido político, hegemonia e aparelho filosófico de hegemonia. O próprio título: História fetichista: o aparelho de hegemonia filosófico Instituto Brasileiro de Filosofia / Convivium (1964-1985) é um retorno ao conceito de história fetichista do comunista italiano e sintetiza de forma feliz os traços mais característicos do referido projeto conservador. O livro de Rodrigo representa, neste momento de ofensiva conservadora, uma importante contribuição e uma significante ajuda para desvelar as raízes deste pensamento.” (Pedro Leão da Costa Neto)

O livro está disponível online gratuitamente. Para acessá-lo, basta aqui clicar aqui e fazer download.

Capa 1 História Fetichista

Ficha técnica
Título: História fetichista: o aparelho de hegemonia filosófico Instituto Brasileiro de Filosofia / Convivium (1964-1985)
Autor: Rodrigo Jurucê Mattos Gonçalves
Editora: Editora da UEG
Ano da publicação: 2017
Páginas: 316
Preço: nd

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Teoria, política e história

“Em Teoria, política e história, Perry Anderson polemiza com E. P. Thompson. Analisa de modo equilibrado e rigoroso problemas teóricos e políticos presentes nas críticas lançadas por Thompson, em sua obra Miséria da teoria, contra o filósofo marxista Louis Althusser. Anderson trata de temas como a importância da teoria, o papel da ação na história, as relações entre infra e superestrutura, a questão da utopia, a estratégia socialista e outros. Forma-se, assim, uma trilogia: os textos de Louis Althusser publicados na década de 1960, a crítica que Thompson lançou contra eles e, por último, esta intervenção de Perry Anderson que é uma espécie de crítica da crítica. Nessa trilogia está registrado um dos mais importantes debates do marxismo no século XX. A crítica de Thompson a Althusser foi publicada no Brasil e obteve repercussão considerável. Estava faltando publicar esta intervenção de P. Anderson para que o público brasileiro pudesse ter uma visão completa do debate. Ao publicar este livro, a Coleção Marx 21 preenche essa lacuna.” (Armando Boito Júnior)

Fonte: site da editora da Unicamp

Ficha técnica
Título: Teoria, política e história: um debate com E. P. Thompson
Autor: Perry Anderson
Tradutor: Marcelo Cizaurre Guirau
Editora: Editora da Unicamp
Ano da publicação: 2018
Páginas: 248
Preço: R$ 70,00

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A implosão do capitalismo contemporâneo

O livro A implosão do capitalismo contemporâneo, de Samir Amin, analisa os diferentes aspectos da inexorável implosão do sistema que o autor sempre considerou inviável. Já na introdução, Samir Amin esclarece que esse ‘outono do capitalismo” não coincide com uma “primavera dos povos’, que implica que os trabalhadores e os povos em luta tomem as medidas necessárias, não para “sair da crise do capitalismo”, mas para “sair do capitalismo em crise”. Segundo o autor, a batalha foi apenas iniciada e assim, todas as alternativas são possíveis, tanto as melhores como as mais bárbaras.

Fonte: site da editora da UFRJ

Ficha técnica
Título: A implosão do capitalismo contemporâneo: outono do capitalismo, primavera dos povos?
Autor: Samir Amin
Editora: Editora da UFRJ
Ano da publicação:
Páginas: 168
Preço: R$ 55,00

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Marxismo, política social e direitos

A coletânea Marxismo, política social e direitos foi organizada por Ivanete Boschetti, Elaine Behring e Rita de Lourdes de Lima e traz a público resultados parciais das pesquisas que desenvolvidas no âmbito do projeto Crise do capital e fundo público: implicações para o trabalho, os direitos e a política social, que envolve 28 pesquisadoras/es da UnB, Uerj e UFRN. Nesta obra, são 12 trabalhos que analisam, sob a perspectiva do materialismo histórico, questões contemporâneas como as crises capitalistas, Estado social, as contribuições do marxismo nas áreas de diversidade sexual e feminismo, dentre outras.

Resultado de imagem para livro marxismo política social e direitos

Ficha técnica
Título: Marxismo, política social e direitos
Organizadoras: Ivanete Boschetti, Elaine Behring e Rita de Lourdes de Lima
Editora: Cortez
Ano da publicação: 2018
Páginas: 300
Preço: R$ 54,00

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário