Petrogrado, Xangai

O livro Petrogrado, Xangai, de Alain Badiou, é uma reflexão sobre as duas grandes revoluções do século XX, a Revolução Russa de 1917 e a Revolução Cultural Chinesa de 1966. Recusando confundir os processos revolucionários com as práticas dos governos que os sucederam, Badiou aponta as lições que esses eventos nos deixam. Para o filósofo, “O amor e a política são as duas grandes figuras do engajamento social. A política é o entusiamo com o coletivo. O amor é a possibilidade de, por meio de diferenças as mais profundas, fazer algo que é uma visão compartilhada do mundo. O amor é o comunismo mínimo”.

Fonte: site da editora Ubu

Ficha técnica
Título: Petrogrado, Xangai
Autor: Alain Badiou
Tradutora: Célia Evaldo
Editora: Ubu
Ano da publicação: 2019
Páginas: 112
Preço: R$ 42,00

Esse post foi publicado em Livros, Uncategorized e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s