O colapso do figurino francês

Em nosso país, o figurino francês resulta, sobremodo, da hegemonia uspiana que, valendo-se de sua prevalência no coração burguês do país, tornou-se padrão e exemplo para toda a esnobe e suposta intellingentsia nacional. Afinal de contas, a USP, reconhecida como nossa principal universidade, e sua glorificada “escola paulista de sociologia”, foi vitoriosa no domínio das ciências sociais, mas por meios infames e contrarrevolucionários.

Remando contra essa maré da sociologia da ordem, Nildo Ouriques opõe, no livro O colapso do figurino francês, André Gunder Frank, Ruy Mauro Marini, Vânia Bambirra, Theotonio dos Santos, Gilberto Felisberto Vasconcellos, entre outros, a figuras como Fernando Henrique Cardoso, Paulo Arantes, Francisco de Oliveira, Carlos Nelson Coutinho, Florestan Fernandes, Maria da Conceição Tavares e por aí vai.

(…) É essencial abandonar o figurino francês, fruto do colonialismo intelectual em nossas universidades, e ingressar numa nova e inédita fase de disputa teórica, com a teoria marxista da dependência reconquistando sua importância e enfrentando os graves problemas nacionais em compasso com a construção de um projeto nacional que revigores as ciências sociais no Brasil, integrando-nos à América Latina e avançando na luta nacional-revolucionária que já se realiza na Venezuela, Equador e Bolívia.

Fonte da informação: site da editora Insular

O colapso do figurino frances

Ficha técnica
Título: O colapso do figurino francês: crítica as ciências sociais no Brasil
Autor: Nildo Ouriques
Editora: Insular
Ano da publicação: 2014
Páginas: 208
Preço: R$ 40,00

Esse post foi publicado em Livros e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s