Uma história do Partido Comunista Italiano

O último livro do intelectual e dirigente comunista Lucio Magri, O alfaiate de Ulm reúne quase todos os temas de seus escritos anteriores em um único e poderoso testemunho. A história do comunismo italiano deu origem a uma tradição rica e original, capaz de agregar protagonistas de valor absoluto em nível mundial – Antonio Gramsci, Palmiro Togliatti, Enrico Berlinguer e Pietro Ingrao, para citar somente alguns –, mas que depois, entre 1989 e 1991, inesperadamente pôs fim à própria existência, desistindo daquela que, não sem razão, Perry Anderson definiu como uma “esquerda invertebrada”.

O professor italiano Guido Liguori (Università della Calabria), autor do texto de orelha da edição brasileira, concorda que Magri não avalia a história da União Soviética e do movimento comunista somente como um acúmulo de erros. Como militante, tem consciência das escolhas equivocadas, mas também da passagem positiva que o comunismo do século XX representou na história da humanidade. Para ele, “A trajetória dos comunistas italianos é vista nesse quadro não só como a mais avançada tentativa de confrontar o capitalismo no Ocidente, mas também – graças ao que chama de ‘genoma Gramsci’ e à qualidade de saber ‘fazer política’ de Togliatti – como aquela que soube cultivar uma diversidade crescente se comparada ao caminho empreendido no ‘Oriente’ pelos herdeiros sempre menos dignos da Revolução de Outubro”.

O alfaiate de Ulm

Ficha técnica

Título: O alfaiate de Ulm: uma possível história do Partido Comunista Italiano
Autor: Lucio Magri
Editora: Boitempo
Ano da publicação: 2013
Páginas: 415
Preço: R$ 65,00

 

Esse post foi publicado em Livros e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s