Hegel e a sombra do materialismo histórico

Slavoj Žižek defende no livro Menos que nada: Hegel e a sombra do materialismo dialético que é imperativo não apenas voltar a Hegel, mas repetir e exceder seus triunfos, superar suas limitações e ser ainda mais hegeliano que o mestre em si. Tal abordagem permite que o autor, sempre à luz da teoria de Jacques Lacan, diagnostique nossa condição atual e trave um diálogo crítico com as principais vertentes do pensamento contemporâneo – Martin Heidegger, Alain Badiou, o realismo especulativo, a física quântica e as ciências cognitivas.

Menos que nada Hegel e a sombra do materialismo dialetico

Ficha técnica
Título: Menos que nada: Hegel e a sombra do materialismo dialético
Autor: Slavoj Žižek
Tradutor: Rogério Bettoni
Editora: Boitempo
Ano da publicação: 2013
Páginas: 656
Preço: R$ 79,00

Esse post foi publicado em Livros e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s